Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Saldo de empregos na indústria regional fecha quadrimestre no negativo

O nível de emprego das indústrias associadas na região de Campinas ao Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) ficou negativo nos primeiros quatro meses deste ano. As informações foram divulgadas na última quarta-feira, em coletiva de imprensa na sede regional da entidade, em Campinas.

O saldo de empregos formais na indústria da região ficou negativo em 700 postos.

Ocorreram mais demissões do que contratações nos meses de janeiro, fevereiro e abril. O primeiro mês deste ano, inclusive, foi quando foram fechados 450 postos formais de trabalho.

O único mês de 2019 que as contratações superaram as demissões foi fevereiro, quando 50 vagas com carteira assinada foram criadas nas indústrias da região de Campinas.

Para o diretor interino do Ciesp regional, José Henrique Toledo Corrêa, a atual situação política do Brasil resultou em uma postura conservadora dos empresários da região.

A sondagem industrial mensal, pesquisa realizada com os empresários da região também é um reflexo da atual conjuntura econômica do Brasil. Um exemplo é de que, no mês de abril, o nível de inadimplência, o número de funcionários e o volume de produção das empresas permaneceram praticamente inalterados em comparação com o mês anterior.

Segundo o diretor interino do Ciesp regional, José Henrique Toledo Corrêa, as várias reformas prometidas pelo governo, caso saiam do papel, deverão colaborar para uma retomada do crescimento econômico nacional. Isto deve resultar em mais contratações para o setor industrial.

Para mais informações sobre a pesquisa divulgada pelo Ciesp acesse o site regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo em www.ciespcampinas.org.br

Imagem: Roncon & Graça Comunicações

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Brasil Esporte Clube