Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Ericka Araújo

Secretaria de Educação de Campinas não autoriza entrada de profissionais externos em escolas municipais e pais se mobilizam

Um comunicado emitido pela Secretaria Municipal de Campinas está gerando insatisfação entre pais e responsáveis de alunos autistas matriculados na rede municipal. O motivo é que no texto a Pasta informa que não está autorizada a entrada de profissionais externos para acompanhamento de alunos com TEA (Transtorno de Espectro Autista), como psicólogos e terapeutas ocupacionais.

De acordo com o texto divulgado pela secretaria, a organização e orientação do trabalho pedagógico desenvolvido com os alunos matriculados na escolas municipais de Campinas é de responsabilidade dos profissionais da Pasta.

Para Daniele, mãe de uma criança autista matriculada na rede municipal de Campinas, o teor do comunicado fere os direitos das crianças com TEA.

A advogada e fundadora da Futura Consultoria em Educação Inclusiva Andrea Godoi, também encara a medida adotada pela Secretaria como inadequada.

Questionado sobre o assunto, o diretor do Departamento Pedagógico do Município, Luiz Roberto Marighetti, esclarece o objetivo do comunicado.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!