Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Secretário de Saúde descarta segunda onda da Covid-19 em Campinas neste ano

O secretário de Saúde de Campinas, Cármino de Souza, disse no fim da manhã desta sexta-feira (16) que não acredita em uma segunda onda de casos do novo coronavírus na cidade, pelo menos até o fim deste ano. A declaração foi feita durante coletiva de imprensa, transmitida pela internet, realizada no Palácio dos Jequitibás, sede da Prefeitura.

Até o fechamento desta reportagem tinham sido confirmados em Campinas 35.803 casos e 1.285 mortes causadas pela doença, sendo 207 novas ocorrências e seis novos óbitos.

O secretário de Saúde, assim como o prefeito Jonas Donizette (PSB), fizeram comentários sobre o assunto por causa da volta de ações mais restritivas contra a pandemia, especificamente na Europa e nos Estados Unidos.

Ainda segundo o secretário Cármino de Souza, o comportamento à longo prazo da Covid-19 deve ser similar à das gripes. Ou seja, ela deve aparecer de forma sazonal nos próximos anos. Atualmente não existe uma vacina comprovadamente efetiva e aprovada pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, contra o vírus.

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, disse ter ficado surpreso com a nova fase da doença no exterior. E que isso deve servir de atenção às autoridades públicas no Brasil.

Por fim o secretário de Saúde de Campinas, Cármino de Souza, reforçou que as medidas contra a Covid-19 não podem ser deixadas de lado, independente do atual estágio da pandemia.

Pra mais informações sobre a pandemia da Covid-19 em Campinas, e como combatê-la, é preciso acessar o site campinas.sp.gov.br

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

O Terço