Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Ericka Araújo

Sumaré tem mais de 20 famílias abrigadas em escolas após chuvas

O temporal que afetou a região de Campinas na última sexta-feira e na madrugada do sábado resultou no transbordamento do Ribeirão Quilombo, em alguns pontos de Sumaré, afetando aproximadamente 2 mil casas de famílias de áreas de ocupação em 16 bairros.

No momento, 25 famílias estão abrigadas em escolas do município e seguem recebendo todo apoio e assistência humanizada, como alimentação, atendimento médico, vacinação, roupas, produtos de higiene pessoal, além de atividades recreativas, segundo a Prefeitura.

A dona de casa Luzinete Rosa Cantuária Soares, de 57 anos, perdeu tudo o que tinha em casa. Seu neto Tharles Rhanielly da Silva, de 22 anos, teve então a ideia de fazer uma vaquinha para ajudá-la a recuperar o que perdeu no temporal.

Nesta época do ano é comum a incidência de chuvas, segundo o engenheiro elétrico Lucas Scarin, o que pede maior atenção a alguns cuidados que devem ser tomados em casa para amenizar os danos causados por temporais.

A equipe da Defesa Civil do Estado de São Paulo percorreu em Sumaré, na manhã de segunda-feira, as áreas afetadas e os pontos que servem de abrigo à população e verificou as condições das escolas que abrigam as famílias. A equipe ofereceu atendimento suplementar à cidade e segue contribuindo nas ações de monitoramento e cuidados.

Doações podem ser realizadas no Fundo Social de Solidariedade, localizado na Rua Dom Barreto, nº 1.377, Centro, das 9h às 17h, assim como nas escolas que funcionam como abrigo e também nos supermercados Good Bom, Savegnago, Pague Menos, Paraná e Santa Terezinha.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!