Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

Trabalhador que recusar vacina pode ser demitido por justa causa, diz MPT

Os trabalhadores que se recusarem a tomar vacina contra covid-19, sem apresentar motivos médicos documentados, vão poder ser demitidos por justa causa, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT).

O órgão orienta que as empresas invistam na conscientização e negociem com seus funcionários. O entendimento é que recusar a imunização sem justificativa pode colocar em risco a saúde dos demais empregados.

Ainda assim, a orientação do MPT é de que as demissões só ocorram como última alternativa, após ter tentando convencer o empregador sobre a importância da imunização.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Destaques