Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

TSE confirma novas eleições para Prefeitura de Paulínia

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) confirmou nesta semana a cassação definitiva dos mandatos do prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho e do vice, Sandro Caprino. A decisão permite uma eleição suplementar para a Prefeitura.

O julgamento no TSE foi realizado na última terça-feira (14). Os ministros confirmaram uma decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), que condenou os políticos no ano passado por abuso de poder econômico e arrecadação ilícita de recursos financeiros na campanha eleitoral de 2016.

Desde então a crise política em Paulínia continua forte. O vereador Du Cazellato (PSDB), que era presidente da Câmara no ano passado, assumiu como prefeito interino entre novembro de 2018 e janeiro deste ano.

O vereador Antônio Miguel Ferrari (do partido Democracia Cristã), mais conhecido como Loira, foi eleito presidente da Câmara em dezembro de 2018. Em seguida ocorreu uma disputa judicial entre ele e Du Cazellato para a definição de quem ocuparia a Prefeitura até a decisão final da Justiça Eleitoral sobre a cassação de Dixon Carvalho e do vice, Sandro Caprino.

No fim Loira venceu e assumiu a Administração Municipal. Ele permanece atualmente na função.

Segundo o sociólogo e professor da Faculdade de Ciências Sociais da PUC Campinas, Vitor Barletta Machado, a eleição suplementar deve atenuar a crise política em Paulínia.

De acordo com o filósofo político e professor de Ética e Filosofia Política da Universidade Mackenzie, Gerson Leite de Moraes, os grupos políticos da cidade precisam começar a dialogar para garantir a governabilidade de Paulínia.

O TRE informou que ainda não foi comunicado da decisão do TSE. Após ser comunicado da decisão e confirmada a impossibilidade de um novo recurso, o plenário do tribunal vai marcar a data das novas eleições em Paulínia.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!