Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

Unidade prisional de Sumaré é alvo de rebelião nesta segunda-feira (16)

O presídio de Sumaré foi alvo de rebelião e fuga de presos na noite de segunda-feira (16). A informação foi confirmada pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) e pela Polícia Militar. O motivo da ação foi o cancelamento da saída temporária dos presos por conta do risco do novo coronavírus. 

 Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária confirmou que quatro detentos chegaram a fugir do CR (Centro de Ressocialização) de Sumaré, mas foram recapturados.

Ainda de acordo com a Secretaria, um detido da unidade tentou fazer um agente refém, mas a situação foi rapidamente controlada e a unidade opera normalmente dentro dos padrões de segurança.

A Polícia Militar informou que dois agentes foram feitos reféns, sendo liberados depois de uma negociação. Um deles com ferimento leve na cabeça.

Assim que a rebelião começou na unidade, foram acionados o Grupo de Intervenção Rápida e os agentes de escolta e vigilância penitenciária.

Além disso, o sindicato dos agentes penitenciários informa que houve uma confusão dentro do Complexo Campinas-Hortolândia, onde presos teriam se recusado a entrar nas celas após o banho de sol. Entretanto, a SAP não confirma a informação.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!