Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

Violência psicológica é a mais comum entre mulheres de Campinas durante pandemia de Covid-19, diz TJ-SP

Mulheres vítimas de violência doméstica em Campinas afirmaram que casos de agressões psicológicas foram os mais comuns durante a pandemia do novo coronavírus. Os dados são de um levantamento feito pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

O balanço é do projeto online Carta de Mulheres e foi feito de abril de 2020 até fevereiro de 2021.

O canal foi criado pelo TJ-SP em abril do ano passado, com objetivo de oferecer uma possibilidade de acolhimento para mulheres durante o período que coincide com a pandemia. Após receber as mensagens, uma equipe orienta as vítimas a buscarem justiça.

Ainda segundo a pesquisa, o projeto recebeu 55 relatos de moradoras da cidade, com queixas de cinco tipos diferentes de violência. A violência psicológica liderou com 21 reclamações.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

O Terço